Pinturas

Descrição da pintura por Hans Holbein "Henry 8"


Hans Holbein prestou muita atenção à transferência das propriedades plásticas dos objetos, à formação da luz. Ele foi atraído por materiais feitos com as coisas que ele descreveu. Ele muito habilmente transmitiu acessórios, roupas que cercam uma pessoa na foto. Ele entrou na história da pintura como um grande mestre de retratos.

Quando houve guerras religiosas, Holbein se mudou para a Inglaterra. E lá por muitos anos ele serviu na corte como pintor da corte. Sua obra “Retrato de Henrique VIII” é o único retrato da obra desse mestre que sobreviveu até hoje.

O rei Henrique VIII da Inglaterra é uma figura muito controversa. Ele era muito capaz nas ciências, na música. Ele sabia tocar vários instrumentos, ele tinha uma voz bonita. Nos 38 anos de seu reinado, muitos eventos memoráveis ​​ocorreram e, sobretudo, o fato de ele ter seis esposas, duas das quais ordenou que decapitassem.

No traje do rei, botões ilustrados, jóias são feitas de ouro e o fundo foi criado com o precioso pigmento azul (ultramarino) da época.

Ainda sem saber quem é retratado na imagem, pode-se ver imediatamente por sua pose, roupas, jóias que uma pessoa muito distinta é retratada. O rei era de grande porte. Ele tem uma postura muito orgulhosa, reta, segura uma luva na mão meio dobrada, há anéis nas duas mãos. Aos seus olhos, pode-se adivinhar a mente, a força do caráter, uma certa experiência de vida. Seu próprio rosto reflete pouco de emoções, o que pode indicar seu leve segredo.

Seus lábios apertados e finos indicam que ele é um homem vaidoso, se esforçando rapidamente para alcançar o que quer. Essa pessoa é sempre séria sobre suas intenções.

O lábio inferior é mais grosso que o superior, o que indica a capacidade de convencer, a capacidade de se concentrar nos negócios. Eles dizem que gostam de mais ações, menos palavras.





Vrubel Pintura Demônio sentado


Assista o vídeo: Hans Holbein the Younger and His Portraits of Henry VIIIs Court (Outubro 2021).